25 de fevereiro de 2015

Adolescente x Pais

Oiê! Recebo muitos e-mails e recadinhos de leitores(as) do blog (muitos mesmo!) e nos últimos tempos o assunto PAIS e FILHOS é unanimidade!
Ana Lia, minha mãe briga muito comigo. Ana Lia meu pai não me deixa fazer nada. Ana Lia, minha mãe não é minha amiga. Enfim... são muitas as perguntas e as dúvidas também. Confesso que é um assunto bem complicado e eu tenho apenas 13 anos pra dar conselhos, mas, posso falar da minha relação com a minha mãe e posso tentar ajudar com algumas dicas bem importantes, só acho que o principal de toda relação, principalmente entre pais e filhos é o diálogo. Eu converso tudo com a minha mãe, e converso m-u-i-t-o! Na minha opinião é o que faz toda a diferença!


É importante entender que seus pais sempre buscam te proteger e cuidar de você em todas as decisões e atitudes que tomam. Quando seus pais tentarem conversar e explicar situações, esteja aberto ao diálogo. Procure ter a amizade dos seus pais, eles te entenderão melhor se vocês sempre conversarem e forem amigos, sem mentiras e histórias inventadasNessa fase, seus pais tentarão te impor mais limites como horários para voltar pra casa. Não discuta a ordem deles. Quando você precisar voltar mais tarde, avise-os com antecedência e explique a razão. Desta forma você cria laços de confiança com seus pais e não os deixará preocupados com o seu atraso. Uma coisa que minha mãe sempre diz é que chega a hora certa para cada coisa, e eu entendo que preciso respeitar a idade que tenho e fazer as coisas que condizem com a idade que eu tenho, embora muitas vezes eu sinta vontade de fazer coisas que ainda não posso, rs!



Lembre-se que seus pais cresceram em uma geração diferente da sua, o mundo deles era diferente do seu quando eles tinham a sua idade. Mesmo assim, eles tem mais experiência de vida que você, e muitas coisas pelas quais eles passaram você passará também. Pergunte a eles suas histórias de adolescência, fique curioso sobre a música que eles ouviam, lugares que eles frequentavam, etc. Você vai descobrir que seus pais não são assim tão “velhos” e “antigos”. 

Escute seus pais sobre temas complicados. Não tenha medo ou vergonha quando eles decidirem conversar sobre sexo ou drogas. Se você tiver dúvidas sobre estes temas, por exemplo, seus pais são as melhores pessoas para te aconselhar, pois te darão além de tudo um suporte emocional e hoje em dia o mundo lá fora anda tão perigoso que a gente precisa mesmo saber de muitas coisas que antigamente nem eram ditas para crianças da nossa idade. O mais importante disso tudo é lembrar sempre que nossos pais são as pessoas que mais nos amam no mundo e só querem o nosso BEM.
As vezes eles são chatos, pegam no pé, nos fazem arrumar o quarto, comer verduras e até nos deixam de castigo (sem o iphone e sem o computador, é a treva!), e por mais que a gente fique triste é pro nosso bem, tudo que eles fazem tem o propósito de nos educar e nos tornar adultos responsáveis e dignos! Vamos olhar nosso relacionamento com os nossos com pais com mais AMOR e CARINHO! 


Vai lá, dá um beijo beeeem gostoso na sua mãe agora!
Pai e Mãe é tudo de bom. Eu AMO demais a minha PÃE <3


Um comentário:

  1. ai, sim.... eles sabem mais das coisas pq já ouviram amigos falando, já viveram e tudo mais... mas tbm vejo mts pais errados por ai, então tbm apoio os filhos a as vezes baterem os pés e lutarem pelo que acreditam... faz parte da vida essa coisa de pais x filhos né? haha amei o post

    somundomeu.blogspot.com

    ResponderExcluir

Copyright © 2017 | Blog Poderosa de Rosa • ANA LIA CARNEIRO BETTIOL